domingo, 9 de setembro de 2012

(2012/682) Pobre diabo...


1. Qualquer um que sinta o desejo de compreender de onde vem as suas ideias e doutrinas pode aprender como surgiu a doutrina do mal e do diabo entre nós, cristãos. É uma história muito interessante...

2. Aqui, quero apenas provocar.

3. A atual (porque houve outra, antes da atual, a anterior sendo abandonada por conta de sua utilização pelos gnósticos) doutrina da origem de Satanás diz que ele era um anjo de Deus. 

4. Vamos aceitá-la por um minuto.

5. Deus, então, cria um anjo. De repente, esse anjo deseja ser igual a Deus. Bem, de onde veio esse desejo? Se antes do diabo não há diabo para o tentar, o dragão de costas largas para nele se jogarem todas as culpas, inclusive as de Deus, de onde veio o mal do mal?

6. Nenhuma outra doutrina cristã é tão mal-feita quanto essa.

7. Para ensinar a desgraça universal do homem, que todos os homens nascem degenerados, inventou-se de pôr Satanás encarnado na serpente e, assim, "explicar", com esse jeito catequético acrítico, o mal da espécie... O homem era até bom, mas Satanás o corrompeu...

8. É? E quem foi o mal que corrompeu o mal? Quem foi a serpente do diabo? Quem tentou Satanás para que ele, nos termos da atual doutrina do mal, "pecasse"?

9. Ele mesmo, dirá o bom teólogo. Bem, se ele mesmo, das duas uma: ou é um deus ou o "defeito" veio de fábrica...

10. Se é um deus, somos politeístas - e no fundo o somos... Se o defeito veio de fábrica, não há culpa alguma nem em Satanás nem em nós, salvo o fato de essa teologia de dois milênios e meio fazer de nós joguetes miseráveis na mão do clero...

11. Preferia que o diabo fosse um deus - daria para torcer ou por sua vitória ou por sua derrota. Mas ele é apenas uma criatura de Deus, como você e eu. E, pelo que Deus fez dele, chego a ter pena de Satanás...




OSVALDO LUIZ RIBEIRO

3 comentários:

Rafael Ribeiro Santos disse...

Meu caro, a esse respeito existe um livro, de um especialista em literatura norte-americano (de quem não me recordo o nome...), chamado "Satã, uma biografia". Tem alguns poucos anos e eu havia comprado uma edição da editora Globo.

O livro é muito bom, na minha opinião, e traça o caminho do conceito "Satã" desde o judaísmo a.C. até hoje.

Abraços.

Cleinton disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lidia vicente dos anjos disse...

E eu sinto pena de quem tem dó dele porque não merece isso ele só merece o fogo eterno para o qual ele e todos seus seguidores vão e jã vão tarde!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget